Hotelaria hospitalar: entenda o conceito

Ao longo dos anos, o conceito de hotelaria hospitalar deixou de ser uma mera teoria administrativa de hospitais e tornou-se uma prática extremamente proveitosa, tanto para os gestores quanto para os pacientes.

É comum termos a imagem no nosso subconsciente de um hospital como um lugar insalubre, sombrio e desconfortável, associado com alguns dos piores momentos que uma pessoa pode experienciar ao longo da vida, seja por experiência própria ou ao testemunhar o adoecimento de entes queridos.

E é justamente pensando em mudar esse imaginário coletivo que a hotelaria hospitalar faz uma série de propostas em diferentes níveis administrativos e de oferta de serviços, tudo para que a experiência dos pacientes, das famílias, dos técnicos, trabalhadores e gestores seja a melhor possível.

Interessou-se pelo conceito de hotelaria hospitalar? Então continue lendo, pois vamos examinar algumas das principais inovações que ele oferece para a gestão e acolhimento de pacientes nos hospitais.

Boa leitura!

Hotelaria hospitalar: o que é?

O conceito de hotelaria hospitalar envolve a aplicação de práticas comuns do ramo de hotelaria — isto é, dos hotéis — ao ambiente hospitalar, proporcionando uma transformação do atendimento e infraestrutura do hospital como um todo.

Mais precisamente, é uma filosofia que almeja uma humanização mais profunda dos serviços prestados à população hospitalar — ou seja, todos aqueles que integram o hospital, desde profissionais até os pacientes —, para que se efetive um aumento da qualidade do cuidado que é proporcionado ao outro.

Como a humanização é feita?

Como forma de efetivar esse princípio, a hotelaria hospitalar propõe uma unificação entre os serviços de apoio ao serviços específicos, o que significa oferecer conforto, segurança, acolhimento e bem-estar para todos os visitantes — incluindo os pacientes e suas famílias.

Técnicas de humanização na hotelaria hospitalar

1. Acolhimento

Uma etapa inicial que serve para oferecer suporte técnico geral ao paciente, sem que esse precise lidar com as burocracias de admissão hospitalar e gerenciamento de dados do paciente, com a equipe técnica lidando com as tecnicalidades do convênio e oferecendo uma integração simples do paciente ao hospital.

Com isso em mente, o software da Qualyvist é capaz de abreviar o tempo de manutenção entre a alta de um paciente e a admissão de outro, anulando a necessidade do uso de papel e dinamizando o processo como um todo.

Com o Qualyvist, a equipe de manutenção recebe a informação sobre a manutenção de respectivo leito em tempo real, abreviando e aumentando o ciclo de pacientes e consequentemente aumentando a arrecadação. 

Sem falar na economia de papel e também menor deslocamento das equipes de manutenção...

A hospedagem em si é também uma extensão do acolhimento, já que o conforto do paciente e seus acompanhantes no quarto em que ficarão alocados é de suma importância para a sensação de conforto a longo prazo. 

Em caso de óbito de pacientes, é indispensável que haja uma equipe de profissionais qualificados para oferecer o melhor e mais atencioso atendimento aos familiares da vítima.

2. Alimentação

Outro passo importantíssimo é a adaptação do cardápio do hospital para que a alimentação se torne uma parte prazerosa da estadia do paciente, já que o termo “comida de hospital” não é um dos mais convidativos.

Pensando nisso, é comum que a alimentação dos pacientes seja adaptada não só para atender às suas restrições alimentícias, mas também de modo a oferecer refeições mais saborosas, consistentes e satisfatórias para os pacientes internados.

3. Entretenimento

Como componente final do tripé da humanização, temos a prática de entretenimento. Embora possa parecer incompatível com o ambiente hospitalar, ela não é totalmente inédita, sendo já integral na rotina de tratamento de pacientes terminais, por exemplo.

É indispensável para que os pacientes ainda sintam o conforto das conexões humanas, podendo experienciar momentos mais leves que quebrem com a rotina árdua de tratamento e internação, através de shows de mágica, de talentos, oferta de videogames, entre outras possibilidades.

Há também a tentadora possibilidade de realizar cerimônias para marcar momentos importantes, como bolos para pacientes que fazem aniversário durante o período de internação, ou para aqueles que finalizam tratamentos árduos, como vítimas de câncer e de Covid-19. 

Interessou-se pela aplicação do conceito de hotelaria hospitalar na sua gestão? Então te convidamos a conhecer o software Qualyvist! Perfeito para gerenciar equipes, estabelecer tarefas e tomar decisões assertivas. Para conhecer todas as funcionalidades do software, basta acessar o nosso site

Não deixe também de conferir nossos perfis no Facebook, Instagram e LinkedIn para ficar por dentro de técnicas para garantir a melhor qualidade de gestão possível!

Confira outros
conteúdos

Receba nossas novidades
em seu e-mail

    Qualyvist © 2022 - Todos os direitos reservados
    Desenvolvido por WEBi